Logotipo Equipe Enfermagem Procedimentos de Enfermagem em Porto Alegre
Equipe Enfermagem decoração superior

Cuidados com dispositivos nas Vias aéreas

Traqueostomia

A Traqueostomia é uma incisão entre o segundo e o terceiro anel traqueal para a colocação de um tubo que fará a ligação dos pulmões diretamente com o exterior eliminando o trajeto pelo nariz ou boca do paciente. É utilizado de forma transitória ou permanente em pacientes que apresentam quadro de insuficiência ou incapacidade respiratória, seja por debilidade anatômica ou sensorial (coma).

Em casos de ventilação mecânica, a Traqueostomia faz a ligação do corpo com o ventilador promovendo a aeração artificial dos pulmões.

Cuidados com a Traqueostomia

Os cuidados com a Traqueostomia visam a manutenção da passagem de ar e oxigênio para o Paciente. Sinais de desconforto, agitação ou ruídos advindos dos equipos e cânulas são sinais de necessidade de limpeza, inspeção ou cuidados específicos.

Observar o acúmulo de secreção na Cânula de Traqueostomia, pois a secreção impede o fluxo normal do ar até o paciente causando desconforto e esforço na respiração.

Observar as linhas de conexão da Cânula de Traqueostomia até a máquina de ventilação mecânica, para que não ocorra nenhum tipo de dobra causando interrupção da passagem do ar.


Os principais sintomas de obstrução da Cânula de Traqueostomia são o ruído (como ronco) e dobras no sistema de ligação da máquina até a Traqueostomia. Nesses casos deve-se providenciar a aspiração das secreções e a verificação do sistema.

A frequência da aspiração não pode ser determinada com precisão, por isso a observação do quadro é a melhor providência para evitar o desconforto.

A aspiração da Cânula Traqueal deve ser realizada sempre com material estéril.

A gaze no entorno da incisão também tem de ser estéril, e deverá ser trocada sempre que apresentar sujidade ou secreção acumulada. Esses procedimentos minimizam o risco de infecções.

A fixação da Traqueostomia (cadarço) deve estar firme, sempre avaliando o conforto do paciente.

A cânula de Traqueostomia e as conexões NÃO podem ser tracionadas ou submetidas a esforços (puxões, movimentos de pêndulo ou servir como suporte). Essas situações causam lesões na traquéia do paciente.


A Equipe Enfermagem realiza esses e outros procedimentos com técnicos qualificados e material de alta qualidade. Consulte aqui outros procedimentos. As terapias medicamentosas são executadas sob prescrição da equipe de saúde responsável.
Solicite aqui nossos serviços.

Equipe Enfermagem - Nebulização Ilustração
Paciente Traqueostomizado
Cortesia Equipe Enfermagem  ©2012
Equipe Enfermagem 2012©
 

  Equipe Enfermagem - Todos os Direitos Reservados - 2012©